mundo

A Terra alcançou seu limite no uso de recursos renováveis para 2018

1 de agosto de 2018 1 comentário

O Dia de Sobrecarga do nosso planeta vem acontecendo cada vez mais cedo (Foto: Getty Images)

De acordo com a Global Footprint Network, uma Organização Não-Governamental de pesquisa ambiental, a Terra alcançou hoje, dia 1º de agosto, o Overshoot Day, Dia de Sobrecarga em português.

Isso significa que todos os recursos renováveis que o planeta pode oferecer durante o ano já foram usados. Todos os peixes foram pescados, todas as árvores desmatadas e todo o dióxido de carbono que nossas florestas podem absorver em um ano foi emitido.

Esse fato não quer dizer que não existem mais peixes no mar ou que todas as árvores do mundo foram derrubadas, mas que, ao fim de 2018, teremos menos peixes e árvores do que no começo do ano.

Todos os recursos renováveis utilizados a partir do Dia da Sobrecarga não serão repostos até o fim do ano. Ou seja, se 5 litros de água forem retirados de um lago entre 1º de agosto e 31 de dezembro, esse lago terá 5 litros de água a menos no fim de 2018.

De acordo com a organização, precisaríamos de 1,7 planeta Terra para que todos os recursos pudessem ser renovados até o fim do ano – o mesmo que a Terra inteira e mais 70% dela. Assim não ficaríamos em “dívida” com o meio ambiente.

Esse foi o mais cedo que já esgotamos nossos recursos desde que o cálculo começou a ser feito em 1970, quando a data de sobrecarga aconteceu no dia 29 de dezembro.

A data vem de cálculos mundiais, mas é possível saber qual seria o Dia de Sobrecarga se o planeta inteiro vivesse como o Brasil, por exemplo. Nesse caso, os recursos renováveis teriam se esgotado em 19 de julho. O país com o pior resultado é o Catar, com o Dia da Sobrecarga em 9 de fevereiro. Já o melhor país é o Vietnã, que moveria a data para o dia 21 de dezembro.

Esses dados são baseados na pegada ecológica e na biocapacidade dos países, mas podem se referir a cidades e até ao mundo inteiro.

Entenda o que são recursos renováveis, pegada ecológica e biocapacidade

Recursos renováveis são aqueles necessários ao ser humano, mas que podem se regenerar e, assim, não esgotar. Árvores, animais, água e até a luz do Sol são exemplos de recursos que, com uso consciente, estarão sempre presentes.

Exemplos de recursos não renováveis são petróleo e ouro, que mesmo se usados com moderação, existem em uma quantidade fixa e, um dia, não vão mais estar disponíveis na natureza.

A pegada ecológica mede a quantidade de recursos renováveis utilizada por uma pessoa, uma cidade ou até um país. Você pode calcular sua própria pegada ecológica no site www.footprintcalculator.org, respondendo a perguntas como o quanto de carne come por semana e com qual frequência você usa carro ou transporte público.

Já a biocapacidade não pode ser individual, pois ela mede a área ativa de produção de recursos naturais de um lugar. Por exemplo: quantas áreas florestais ou destinadas à agricultura existem em um país.

A reciclagem é um dos jeitos de diminuir sua pegada ecológica e ajudar o meio ambiente (Foto: Getty Images)

Por que o Dia de Sobrecarga acontece cada vez mais cedo? Como podemos ajudar?

O consumo excessivo é um dos principais fatores na pegada ecológica mundial, principalmente quando se trata do desperdício de alimentos. Atualmente, um terço de toda a comida no mundo vai para o lixo.

No site www.overshootday.org existe uma lista de várias coisas que ajudam a mudar o Dia de Sobrecarga para o mais tarde possível. Dois bons exemplos são evitar alimentos com agrotóxicos e não jogar lixo no chão.

1 comentário

  1. Clara Duarte says:

    Acho super errado o que as pessoas fazem com o mundo!!!!

Edições Impressas

Busca por Data

dezembro 2018
S T Q Q S S D
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

ENQUETE

Qual modinha fez mais sucesso em 2018?

TV Joca

Apoio