Ir para edições impressas para cego ver

Brasil

Carta dos leitores: “Município do Espírito Santo planta uma árvore a cada bebê nascido”

12 de agosto de 2019 Nenhum comentário

Após ler a matéria “Município do Espírito Santo planta uma árvore a cada bebê nascido”, os alunos da Coopeducar (ES) enviaram para o Joca algumas cartas do leitor. Nelas, eles falam o que acharam do texto e da iniciativa do município de Itapemirim, no Espírito Santo, de plantar uma árvore para cada bebê que nasce na região. Confira:

Clique na matéria para ler o PDF da edição 130

“Eu achei essa notícia muito interessante. Para mim, a melhor parte é que, se a pessoa morrer ou se mudar para outro lugar, as raízes da planta vão continuar lá, mostrando que o bebê nasceu em Itapemirim.” – Ana Luiza R., 9 anos

“Eu achei a notícia muito boa. Acho que isso poderia ser feito em outros municípios também. Foi uma boa ideia.”  Bernardo S., 9 anos

“Eu achei muito interessante saber que, a cada bebê que nasce, uma muda é plantada. Mesmo que a pessoa saia da cidade, a planta continuará lá. E isso está acontecendo no meu estado, o Espírito Santo. Por isso, eu achei legal.” – Elisa de S., 9 anos

“Eu gostei dessa matéria. Cada bebê que nasce ganha uma árvore e isso é muito legal. O projeto já plantou 90 mudas”. – Emilly P., 9 anos

“A matéria é muito, muito interessante. A prefeitura de Itapemirim teve a ideia de plantar uma muda de árvore para cada bebê que nasce. O projeto já plantou mais de 90 árvores. Achei belíssima a reportagem.” – Fernanda P., 9 anos

“Achei a reportagem interessante. Quero que façam mais reportagens sobre o Espírito Santo.” – Gabriel B., 9 anos

“Achei boa a ideia de plantar uma árvore para cada bebê que nasce. Ajuda o meio ambiente e aumenta a quantidade de árvores no planeta Terra.” – Gabriel P., 9 anos

“Eu achei muito legal a ideia do projeto. Toda vez que uma vida humana nasce, uma planta cresce. Isso colabora com o meio ambiente. Além disso, quando a pessoa cresce ou vai morar em outro lugar, as raízes dela continuarão em Itapemirim. Pena que isso não acontece no país todo.” – Gustavo S., 9 anos

“Eu gostei dessa iniciativa porque ajuda o meio ambiente. As famílias devem ficar muito felizes por ter uma árvore com o nome do bebê que nasceu.” – Hanna A., 9 anos

“Eu achei a notícia interessante. A cada bebê que nasce, eles plantam uma árvore. Achei interessante os pais receberem um convite e uma certidão de nascimento. Eu adoraria ter uma planta que cresceu comigo.” – Julia Z., 9 anos

“Achei bacana a ideia de plantar uma árvore para cada bebê que nasce. Muitas vezes, não damos atenção à natureza, mas o projeto vai ajudar bastante no reflorestamento.” – Lais M., 9 anos

“Eu achei bem legal saber que cada bebê pode ter a sua árvore. Isso é como se fosse uma certidão de nascimento natural.” – Laura M., 9 anos

“Acho interessante essa iniciativa do Projeto Raízes de Itapemirim, pois ajuda no reflorestamento de espécies nativas da Mata Atlântica. Muito bom.” – Lorenzo, 9 anos

“Eu achei ótima a ideia de plantar árvores para cada bebê que nasce, porque desse jeito eles terão várias plantas. Eu também gostei de saber que, ao plantar a árvore, os pais da criança recebem uma certidão de nascimento natural. Ao ver que a árvore está crescendo, você sabe que uma criança também está crescendo, e isso é muito lindo.” – Maysa V., 9 anos

“Eu achei essa notícia muito interessante. É muito bom saber que a prefeitura de Itapemirim está querendo reflorestar. Como disse o Juan Paz Rosa: ‘Quando a pessoa se mudar para fora, as raízes dela ficarão lá’.”  Pietro M., 9 anos

“Eu achei a ideia muito bacana. Mesmo que as pessoas se mudem de Itapemirim, as ‘raízes’ vão continuar na cidade.”  Sofia C., 9 anos

Nenhum comentário

Edições Impressas

Busca por Data

setembro 2019
S T Q Q S S D
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

ENQUETE

O que você mais gosta de fazer com seus pais ou responsáveis?

TV Joca

Apoio