brasil

Conheça bloquinhos infantis das cinco regiões do Brasil

1 de março de 2019 4 comentários

Fantasiados, Alice O. e Pedro O. curtem bloco de Carnaval. Foto: Divulgação

Por Helena Rinaldi e Joanna Cataldo

O Carnaval está aí!

E não são só os adultos que podem cair na folia. De norte a sul do país é possível encontrar diversos blocos voltados para crianças.

Por isso, prepare a fantasia e o confete e conheça alguns desfiles infantis que colocam os jovens para brincar, dançar e se divertir. E veja também como curtir o evento com segurança e conforto!

Bloco da Tesourinha – Brasília (DF)

O bloco da Tesourinha é um dos desfiles infantis mais famosos de Brasília. Foto: Divulgação

Um dos mais tradicionais blocos infantis da capital do país. Atrai crianças e adultos, que se divertem ao som do frevo e das famosas marchinhas de Carnaval. “Eu gosto desse bloquinho porque tem música, é colorido e muito animado. As crianças vão de fantasia ou de algo que elas inventam. Se você não sabe o que fazer no Carnaval, uma boa opção são os bloquinhos”, aconselha Amanda F., de 11 anos. 

ErêTantã Bloco do Brincar – São Paulo (SP)

Bloco ErêTantã Bloco do Brincar tem brincadeiras para pessoas de todas as idades

Música, brincadeiras, fantasias, brinquedos feitos com materiais recicláveis… Há um pouco de tudo neste bloco, que todos os anos atrai dezenas de crianças na capital paulista. “Nós fazemos instrumentos musicais de materiais recicláveis. Usamos garrafas PET e latas, por exemplo, para fazer chocalhos, tambor… Além disso, criamos estandartes e fazemos várias brincadeiras das quais os pais também participam”, diz Glória M., de 8 anos.

Cordão da Bicharada – Vila de Cametá (PA)

O Cordão da Bicharada incentiva a preservação ambiental. Foto: Divulgação

Há 40 anos, o bloco reúne crianças vestidas de animais da Amazônia. Ao todo, já foram criadas fantasias de mais de 120 bichos, como arara, boto, jacaré, cobra e jabuti. As vestimentas, produzidas pelo idealizador do evento, Mestre Zenóbio Gonçalves, têm como objetivo conscientizar a população sobre a importância da preservação da natureza. Para confeccioná-las, Zenóbio usa restos vegetais e materiais como pelúcia, TNT e espuma.

Bloco da Rua do Perdão – Porto Alegre (RS)

Este é um dos principais blocos infantis do Sul do Brasil. Todo ano, centenas de crianças vão fantasiadas e acompanhadas dos pais e amigos para brincar de espuma, dançar, cantar marchinhas de Carnaval e curtir as músicas tocadas no trio elétrico. Na festança, algumas crianças até organizam shows para o público. No ano passado, por exemplo, a bateria e os dançarinos mirins do projeto Areal do Futuro se apresentaram e encantaram todos com muito samba.

Bloco Pinto da Madrugada – Recife (PE)

Desfile do Pinto da Madrugada, no Recife, e seu mascote gigante

O Galo da Madrugada, maior bloco de Carnaval do planeta, também tem sua versão mirim. As crianças que frequentam costumam aproveitar para dançar muito frevo e participar de atividades como pintura de rosto, esculturas de bexigas, minitrios e trenzinhos. A  edição deste ano será no dia 5 de março e deve seguir a mesma estrutura de 2018, em que mais de 60 mil foliões mirins participaram do desfile, com direito a coroação de rei e rainha do bloco e um mascote gigante. 

Cordão Umbilical – Rio de Janeiro (RJ)

O bloco acontece todos os sábados na época do Carnaval. Voltado para a família, o desfile leva alegria para quem está participando da folia e para quem está assistindo a tudo de longe. “Nós subimos uma ladeira e passamos por um hospital, e ali continuamos cantando e tocando [em um volume mais baixo para não atrapalhar quem está internado]. Então, nós acenamos para os pacientes que ficam olhando pela janela. É algo que nos marca muito”, diz Pedro O., de 11 anos. A irmã dele, Alice O., de 6 anos, concorda: “Quando passamos em frente ao hospital, as pessoas ficam muito felizes. Nós convidamos vários amigos para ir com a gente. É um bloco incrível!”.

Confira mais destaques da programação infantil do Carnaval de Brasíla, Campinas, Rio de JaneiroSão Paulo clicando nos links do site Bora Aí.

Fontes: Bora Aí, Gaucha ZH, G1 e G1.

4 comentários

  1. Aluno_Sigma Águas Claras says:

    Isso deve ser muito divertido.EU MORO EM BRASILIA,mas nunca fui no bloco da tesourinha.

  2. Aluno_Sigma 910 Norte says:

    Que maravilha

  3. carolina says:

    Catherine Carvalho bruno quarto B meu deus que legal 👍

Edições Impressas

Busca por Data

abril 2019
S T Q Q S S D
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

ENQUETE

Qual é a sua seção preferida no Joca?

TV Joca

Apoio