brasil

Festas pelo Brasil relembram os 130 anos da abolição

7 de Maio de 2018 6 comentários

Festa da Abolição: afrobrasileiros encenam personagens da escravidão para que ela nunca mais se repita

No dia 13 de maio, o Brasil completa 130 anos do fim do sistema escravocrata. Para relembrar e superar a memória dessa época, descendentes de africanos fazem diversas festas pelo país. Uma delas é a Festa da Abolição, na cidade de Contagem (Minas Gerais).

Gabrielle do Nascimento de Lima, 14 anos, participa da festa desde os 2 anos. “Relembramos nossos antepassados, e eu me sinto feliz por manter essa tradição até hoje”, diz. “Quando crescer, quero ser uma capitã e passar essa tradição para os meus filhos e netos.”

Gabrielle, 14 anos: “me sinto feliz por manter esta tradição”

Para ela, a festa ajuda a diminuir o preconceito ao afirmar a cultura negra. “Para lutar contra o racismo, me mantenho firme para que as pessoas me aceitem como eu sou”, diz. “Ser negra é ser linda e capaz de alcançar várias coisas que as outras pessoas também podem.”

Na celebração, Gabrielle aprendeu na prática o que viu nas aulas de história. Os participantes representam a quebra das correntes e a assinatura simbólica da Lei Áurea em um teatro na rua.

“Além da história, neste ano, vamos mostrar as conquistas dos negros nos estudos e no mercado de trabalho. Vamos falar de deuses, reis, professores, advogados e delegados, negros que conseguiram lugares de destaque na sociedade”, conta a mãe de Gabrielle, Cristiane do Nascimento Luz.

FESTAS DA LIBERTAÇÃO

A Festa da Abolição é realizada pelos moradores da comunidade mineira dos Arturos

Festa da Abolição, na cidade de Contagem (Minas Gerais)
Reunidos ao redor de uma oferenda, em memória aos alimentos que eram deixados na mata para os escravos fugidos, moradores da comunidade dos Arturos (descendentes de um escravo chamado Artur) celebram a abolição. 13 de maio.

Festa dos Pretos Velhos (várias cidades brasileiras)
É feita uma homenagem aos escravos antepassados. As festas fazem parte da religião africana umbanda, e os pretos velhos representam os africanos que viveram nas senzalas. 13 de maio.

Nego Fugido, Santo Amaro (BA)
Moradores encenam a abolição pelo olhar dos negros escravizados. Em julho.

A luta pela liberdade é recontada na festa dos Lambe-Sujos

Festa dos Lambe-Sujos, Laranjeiras (SE)
Meninos e homens se pintam de preto com tinta e melaço de cana-de-açúcar, vestem gorros e shorts vermelhos e recontam a luta pela liberdade dos escravos na região com teatro, música e dança. Em outubro.

Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, Serro (MG)
Há 140 anos, a festa reúne milhares de pessoas para celebrar a santa católica protetora dos negros. Em outubro.

Confira reportagem sobre terras quilombolas e os negros hoje na Edição 113 do Joca, que chega nesta semana.

6 comentários

  1. Luana Beatriz de Medeiros says:

    que bom saber,ainda não ouvir falar sobre isso na nossa escola.

    Joca só uma pergunta onde você acha tantas noticias?

    1. Jornal_Joca says:

      Oi, Luana! Procuramos as notícias conversando com pessoas, lendo sites e muitos jornais para encontrar o que mais possa interessar a crianças e jovens! Que legal que você gostou 🙂

  2. Luana Beatriz de Medeiros says:

    também quero ser capitã.

    1. Jornal_Joca says:

      Legal, Luana! Procure uma festa tradicional em sua cidade 🙂

  3. Professores - Pedro Calil says:

    e interessante

    1. Jornal_Joca says:

      Que bom que você gostou, Pedro!

Edições Impressas

Busca por Data

outubro 2018
S T Q Q S S D
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

ENQUETE

Você acha que o acordo de paz assinado pela Coreia do Norte e os Estados Unidos dará resultado?

TV Joca

Apoio