Ir para edições impressas para cego ver

Para os pais

Jovens aprendem a programar e criam projetos digitais

4 de junho de 2019 11 comentários

Sophia C. faz aulas de programação há um ano. Foto: Divulgação

Sites, games, aplicativos… Embora essas ferramentas sejam muito usadas no dia a dia, nem todo mundo sabe como elas são feitas. Boa parte do segredo está na programação, ou seja, no ato de dar instruções para uma máquina, elaborando um “roteiro” para que ela faça o que você deseja.

Nos últimos anos, a prática chamou a atenção de jovens. É o caso de Sophia C., 11 anos, que frequenta há um ano um curso de programação para crianças e adolescentes em que aprende conceitos e desenvolve jogos. “No fim do ano passado, nós fizemos um grande game. Tivemos que desenhar a arte, programar tudo. O resultado ficou muito bom”, conta. “No início, programar pode parecer impossível (risos). Mas com o tempo você percebe que só precisa se dedicar e prestar muita atenção.”

Programação de um jeito simples

Febre entre crianças e adolescentes, o Scratch, site de programação gratuito, tornou-se uma opção para quem não entende muito de códigos de programação, mas quer produzir os próprios projetos.

Com a ferramenta, é possível usar recursos simples para criar jogos e animações, por exemplo. “Você pode inventar o que quiser”, resume Felipe, de 11 anos, que costuma usar o site em um espaço de atividades que frequenta no contraturno da escola. “É legal, divertido e fácil de usar.”

E a criatividade parece não ter limites na plataforma. Ao acessar a página inicial, é possível ver projetos que vão desde joguinhos com várias fases até pequenos filmes com histórias de aventura.

O usuário Theo A., de 9 anos, por exemplo, optou por criar um jogo inspirado no Pac-man, game que se tornou muito popular nos anos 1980. Para isso, ele pensou em como o projeto iria funcionar e desenvolveu a ideia usando as ferramentas de programação do Scratch. “Eu desenhei um fantasminha vermelho que tinha que andar por um labirinto”, conta.

Theo A. usa o Scratch para criar projetos pessoais. Foto: Divulgação

Por que aprender a programar?

De acordo com Noemi Rodriguez, coordenadora de graduação do departamento de informática do Centro Técnico Científico da PUC-Rio, existem bons motivos para aprender programação na infância. Confira abaixo:

1) Programar é muito bom. As crianças não podem deixar de se envolver com algo tão divertido.

2) Crianças têm mais facilidade para entender a lógica da programação do que um adulto por aceitarem melhor formas diferentes de pensar.

3) A programação é muito útil como ferramenta para fazer tarefas da escola, por exemplo.

*Esta matéria é uma versão estendida da matéria publicada no Joca 131. 

11 comentários

  1. LAVÍNIA ALVES SANTOS says:

    MUITO LEGAL

  2. EMANUELLE says:

    Eu ADORO programar no scratch!

  3. Maria Clara Lara says:

    é muito bom aprender isso e pode influenciar o futuro

  4. Júlia Guimarães de Toledo says:

    muito top quero aprender a programar tbm

  5. kiara nogueira santos spindola says:

    QUE BOM PRA ELES

  6. Laura Borges Ferreira says:

    legallllll

  7. isabela oliveira reis says:

    queria aprender

  8. CEU EMEF TATIANA BELINKY says:

    que legal mas eu não sei isso

  9. willian felix dos santos says:

    eu achei isso incrivel muito interessante isso precisa vim logo para o brasil ,no brasil existe varias tecnologias mais essa não maravilhoso !

  10. EMEF MAILSON DELANE, PROF. says:

    Achei muito legal essa atitude deles,quando eu terminar meus estudos eu gostaria de fazer um curso de progamação e outros.
    Gustavo

  11. ABPV Consultoria e Serviços says:

    Scratch pode ser legal, viciante demais dai vcs não vao querer sair de casa para ir para a escola… (Matheus P , 8 anos…kkkkkkkkkk)

Edições Impressas

Busca por Data

agosto 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

ENQUETE

Qual é a sua seção preferida no Joca?

TV Joca

Apoio