Ir para edições impressas para cego ver

Brasil

Manifestações em todo o país levam milhares às ruas

30 de maio de 2019 1 comentário

Por Helena Rinaldi e Martina Medina

Milhares de brasileiros saíram às ruas em centenas de cidades nos dias 15 e 26 de maio. No dia 15, em aproximadamente 200 cidades dos 26 estados do país e no Distrito Federal, os protestos foram contra o bloqueio no orçamento do Ministério da Educação (MEC). O congelamento afeta instituições públicas do ensino infantil ao superior (saiba mais na edição 131 do Joca).

Onze dias depois, defensores do governo foram às ruas em cerca de 150 cidades dos 26 estados do país e no Distrito Federal. Os manifestantes demonstraram apoio a Jair Bolsonaro e pediram que o Congresso aprove a reforma da Previdência. Segundo eles, a medida representará economia aos cofres públicos, diminuindo os bloqueios do orçamento.

Paralisação nas escolas

No dia 15 de maio, parte das escolas, institutos e universidades públicas e privadas do país paralisaram as atividades para que estudantes e professores pudessem comparecer aos protestos, enquanto outras preferiram manter as aulas.

Em São Paulo, aproximadamente 30 escolas particulares aderiram à paralisação, segundo o Sindicato dos Professores de São Paulo (Sinpro-SP). No Rio de Janeiro, mais de 50 escolas privadas deixaram de ter aula, de acordo com o Sinpro-Rio. Entre as escolas que decidiram não parar está o Colégio pH, da capital fluminense, que optou por promover debates sobre a educação pública e os bloqueios no orçamento no dia do ato. O Joca entrou em contato com outras escolas que não aderiram à manifestação, em diversas cidades, mas elas preferiram não dar entrevista sobre o tema. 

Uma nova manifestação foi marcada pela União Nacional dos Estudantes (UNE) para o dia 30 de maio. Não havia notícias de um novo protesto em favor do governo até o fechamento desta edição.

Reação do governo

Uma semana após os protestos de 15 de maio, o governo federal anunciou que vai usar recursos da reserva orçamentária para desbloquear 1,58 bilhão de reais da verba de educação que havia sido congelada — assim, o bloqueio na área, que era de 7,4 bilhões de reais, agora é de 5,8 bilhões de reais.

A reserva é o dinheiro previsto para ser usado em casos de emergência. Depois dessa retirada, a reserva orçamentária, que era de 5,37 bilhões de reais, foi reduzida para 1,56 bilhão de reais — o restante do dinheiro foi destinado para outros órgãos do Poder Executivo, como o Ministério do Meio Ambiente.

O que eu penso sobre…
As manifestações levaram crianças e jovens às ruas. Confira as opiniões de alguns deles:

Participantes da manifestação de 15 de maio

Antônio M., 12 anos - Escola da Vila, na manifestação do dia 15 de maio em São Paulo.

Meus pais me contaram que ia ter uma paralisação por causa dos cortes da verba, e eu também leio bastantes jornais sobre isso. Pensei que era uma causa legal e vim.
Antônio M., 12 anos, Escola da Vila, São Paulo (SP)

Luan P., 15 anos - Escola Arco, na manifestação do dia 15 de maio em São Paulo

Estudo em escola particular, então não sofro tanto com os cortes, mas as escolas públicas sofrem muito. Não seria justo deixar que outros estudantes e professores fossem menos beneficiados do que eu.
Luan P., 15 anos, Escola Arco, São Paulo (SP)

Cecília F., Gabriela N., e Alice G., 10 anos - Colégio Equipe, na manifestação de 15 de maio de 2019

A gente fez estes cartazes e pulseirinhas em casa. Hoje teve greve no colégio. Amanhã, vamos lá falar sobre a manifestação e levar os cartazes para perguntar se dá para deixar lá.
Cecília F., Gabriela N., e Alice G., 10 anos – Colégio Equipe

Participantes da manifestação de 26 de maio

Eu fui à manifestação com meu pai e minha mãe. As pessoas estavam pedindo que fossem aprovadas as medidas sobre economia e segurança. Todos estavam apoiando o Bolsonaro e felizes por estar ali. Eu achei bonito as pessoas nas ruas com as cores da bandeira do Brasil.
Yane U., 8 anos, Belo Horizonte (BH)

Participei da manifestação porque eu quis representar o Brasil. Foi legal ver todo mundo se reunindo pelo nosso país. Acho que a reforma da Previdência é importante e o resultado da manifestação vai ser positivo.
Pyetro Q., 10 anos, Rio de Janeiro (RJ)

*Versão ampliada da matéria publica na edição 132 do Joca.

1 comentário

  1. Luner Sousa Dequeixes Filho says:

    Hoooooooooooooo

Edições Impressas

Busca por Data

junho 2019
S T Q Q S S D
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

ENQUETE

Qual é a sua seção preferida no Joca?

TV Joca

Apoio