Ir para edições impressas para cego ver

Brasil

No mês das férias, crianças participam de atividades sobre preservação de tartarugas

2 de agosto de 2019 11 comentários

O Projeto Tamar atua na conservação de cinco espécies de tartarugas ameaçadas de extinção. Foto: Projeto Tamar.

Alimentar tartarugas, observar o trabalho dos biólogos, acompanhar uma tartaruga no centro de reabilitação, assistir a palestras sobre a vida marinha… Essas foram algumas das atividades nas quais crianças do Brasil e do mundo participaram ao longo da programação de férias do Projeto Tamar, iniciativa que luta pela preservação das tartarugas marinhas.

No mês de julho, estima-se que cerca de 100 mil pessoas, entre adultos e crianças, tenham passado pelos centros de visitantes das bases do projeto, presentes em Florianópolis (SC), Ubatuba (SP), Vitória (ES), Praia do Forte (BA), Aracaju (SE) e Fernando de Noronha (PE).

Em entrevista ao Joca, o coordenador nacional do centro de visitantes, Gonzalo Rostan, disse que as atividades realizadas pelo projeto nas férias (algumas acontecem fora desse período também, dependendo da demanda) têm como objetivo fazer com que as pessoas se informem sobre a vida marinha e aprendam a fazer a sua parte no trabalho de preservação das tartarugas.

Centro de visitantes do Tamar na Praia do Forte, Bahia. Foto: Projeto Tamar

“É importante que os humanos criem vínculos com o ambiente marinho. As atividades abordam as ameaças que atingem esse ambiente, os desafios que o pessoal do Tamar encara no dia a dia e como o homem pode atuar tanto como agressor da natureza como aliado da conservação”, diz. “O ser humano quase levou as tartarugas marinhas à extinção, mas conseguimos trabalhar na conservação graças ao envolvimento das pessoas. Temos condições de proteger os oceanos e fazer com que as populações desses animais se recuperem.”

Atividades para crianças

Gonzalo explica que o projeto realiza ações para crianças de todas as idades, desde contação de histórias até conversas com profissionais da iniciativa.

Entre as atividades de maior destaque estão Biólogo por um Dia e Encontro Com um Biólogo. Na primeira, as crianças, que geralmente têm entre 6 e 12 anos, vivenciam o dia a dia do trabalho de um biólogo, acompanhando o que estiver acontecendo no dia e tirando dúvidas. “Se chegar uma tartaruga que estava encalhada em uma praia monitorada pelo Tamar, por exemplo, a criança acompanha o processo de levar o animal para o centro de reabilitação. Se fazemos um trabalho de cuidado dos filhotes [saiba mais abaixo], elas podem acompanhar o manejo.” Já na atividade Encontro Com um Biólogo, os jovens aprendem como são os bastidores do Projeto Tamar. Liderados por um biólogo, os grupos aprendem sobre os processos de reabilitação e manejo dos animais, as funções dos profissionais ligados ao projeto (oceanógrafo, veterinário…), entre outras experiências. “Essa atividade pode ser feita com a família toda, mas é recomendável para crianças mais velhas. Os adultos geralmente querem interagir com os profissionais do Tamar e as crianças maiores têm mais facilidade de acompanhar.”

Acompanhe o site do Projeto Tamar para ficar ligado em todas as atividades que acontecem por lá ao longo do ano: www.tamar.org.br.

Entenda: cuidado com os filhotes

Filhotes de tartaruga indo para o mar. Foto: Projeto Tamar

A maioria dos ninhos de tartaruga fica na praia, mas alguns ninhos que estão em áreas de risco precisam ser transferidos para uma área protegida, que fica dentro do centro de visitantes. Os filhotes, que nascem sempre à noite, são soltos na praia. Na tarde do dia seguinte, a equipe do Tamar abre o ninho e tira as casquinhas dos ovos que ficam embaixo da areia. Com as casquinhas, encontram filhotes de tartaruga. Os profissionais, então, pegam esses filhotes e levam para a praia, para que eles possam caminhar até o mar. O público pode acompanhar todo esse processo.


 

11 comentários

  1. Clara Azevedo Machado says:

    Que legal 👍🏻

  2. Murilo Salinas Mora says:

    gostei muito dessa reportagem, gostaria de ter participado mas só soube disso agora…mas fico muito feliz com a preservação dessa especie maravilhosa.
    beijos bem grandes .
    Murilo

  3. Júlia Guimarães de Toledo says:

    aiii eu ja fui la

  4. EMEF MARIA APARECIDA VILASBOAS, PROFA. says:

    nossa que lindas

  5. EMEF MARIA APARECIDA VILASBOAS, PROFA. says:

    amei

  6. be.Living Educação Bilingue says:

    que fofoo

  7. EMEF ADOLPHO OTTO DE LAET, PROF. says:

    Achei muito interessante a reportagem.

  8. North Cache Middle School says:

    Que fofinho 😍😍😍

  9. EMEF AUREA RIBEIRO XAVIER LOPES, PROFA. says:

    bem loco

Edições Impressas

Busca por Data

outubro 2019
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

ENQUETE

O que você mais gosta de fazer com seus pais ou responsáveis?

TV Joca

Apoio