brasil

Ações de cidadania

28 de setembro de 2018 Nenhum comentário

Por Joanna Cataldo

Dar aulas de reforço e denunciar problemas no bairro estão entre as atitudes desses jovens

Alguém engajado, segundo o Dicionário Priberam, é aquele que “se envolve politicamente ou a serviço de uma causa”. Na prática, é uma pessoa que se dedica a um projeto no qual acredita.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (conjunto de normas que protege quem está nessa fase da vida), menores de idade têm o direito de opinar, expressar-se e participar da vida política.

Veja abaixo alguns exemplos de jovens engajados e se inspire na atitude deles:

Discurso na câmara municipal
Neste ano, a mudança de nome de uma creche em Palmas, no Tocantins, revoltou Maria Luiza M., de 8 anos. A instituição, que iria se chamar Arco-Íris, foi nomeada Romilda Budke Guarda. Tudo por causa de um projeto de lei que alegava que “arco-íris” não era um nome adequado para uma escola de educação infantil por remeter ao símbolo da comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros). “Eu fiquei muito chocada com isso. O arco-íris é um lindo fenômeno da natureza”, conta Maria Luiza. Sabendo da indignação da garota, um vereador a convidou para fazer um discurso na câmara municipal. Maria Luiza escreveu um texto e leu sua opinião para os vereadores. “Acho que, nós, crianças, podemos contribuir com muitas coisas. No caso da creche, acredito que os vereadores poderiam ter perguntado para as crianças qual nome elas preferiam”, afirma Maria Luiza, que sonha em ser presidente do Brasil. Apesar da importância da atitude de Maria Luiza, a creche passou a se chamar Romilda Budke Guarda.

Vídeos por um país melhor
Mirela A., de 11 anos, criou, neste ano, um telejornal no qual apresenta os problemas do bairro onde mora, em Ribeirão Preto (SP). Publicados em sua página do Facebook, os vídeos tratam sobre temas variados, como buracos no asfalto, ruas alagadas e bullying. “Nós vamos até um ponto do bairro, vemos qual é o assunto que mais afeta aquele lugar e gravamos. O primeiro vídeo teve mais ou menos 5 mil visualizações. Os que vieram depois fizeram ainda mais sucesso”, diz. Os textos das matérias são escritos por ela e pelos irmãos. “Eu faço esse projeto para ajudar a população, para que tenhamos um Brasil melhor. Muitas pessoas gostam dos meus vídeos.”

Política para crianças
Ryan R., de 15 anos, é de Três Corações (MG) e foi um dos vencedores da edição de 2018 do Câmara Mirim, um programa em que jovens do 5º ao 9º ano criam projetos de lei que serão analisados e votados por uma comissão composta por estudantes – em outubro, a Câmara dos Deputados, em Brasília, receberá cerca de 300 alunos, que vão debater as propostas vencedoras. O projeto de Ryan, selecionado entre 966 propostas, sugere que os orelhões sejam substituídos por pontos de wi-fi gratuito, com entradas USB para carregar o celular. “Em Nova York [nos Estados Unidos] já existia uma iniciativa desse tipo. Pensei que isso também poderia ser implementado no Brasil. Seria uma ótima maneira de facilitar a vida das pessoas”, diz ele.

Em ação pelo bairro
Com a mãe e alguns conhecidos, Giuliano M., de 13 anos, ajudou a reformar uma praça do bairro do Jaguaré, na cidade de São Paulo (SP), em 2017. O local estava abandonado e precisava de uma revitalização urgente. “Nós tiramos o lixo, pintamos os bancos e plantamos cerca de dez mudas”, conta. Giuliano afirma que a experiência foi muito gratificante e que ficou feliz de ver o lugar mais limpo. “Se todos nos juntarmos para fazer projetos como esse, nossa cidade ficará bem melhor.”

Ajuda escolar
Steffany da S., de 12 anos, resolveu dar aulas de reforço para crianças que moram na comunidade dela, a Roda de Fogo, no Recife (PE), em 2016. Ela estava brincando de escolinha com as primas quando teve a ideia de ajudar estudantes que tinham dúvidas sobre conteúdos da escola. “Os alunos chegam do colégio às 17h40. Eles trocam de roupa e vão para o beco, onde eu dou aula”, conta. “Começamos fazendo exercícios do livro de matemática, que é a matéria de que eu mais gosto. Agora, dou aula de todas as matérias.”

Matéria originalmente publicada na seção Em Pauta da edição 120 do Jornal Joca.

Nenhum comentário

Edições Impressas

Busca por Data

dezembro 2018
S T Q Q S S D
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

ENQUETE

Qual modinha fez mais sucesso em 2018?

TV Joca

Apoio